Arquivo da tag: ddreader

círulo amarelo com um largo sorriso e óculos escuros com lentes redondas

Conheça o DDReader, o aplicativo de leitura da Fundação Dorina Nowill

O DDReader é o aplicativo de leitura de livros digitais criado pela Fundação Dorina Nowill Para Cegos em parceria com a Results, empresa desenvolvedora de softwares. Além de ser uma forma de deixar o mundo da leitura mais próximo de todos, o Dorina Daisy Reader se destaca pela sua acessibilidade para deficientes visuais.

Com uma versão para computadores já consagrada, durante a Bienal do Livro de 2014 foi lançada a versão para dispositivos móveis com sistema Android, fato que contribuiu ainda mais para a difusão da proposta, permitindo que mais pessoas possam  ter acesso a livros adaptados em qualquer lugar e na hora que desejar.

Com um visual simples e objetivo, o DDReader oferece inúmeros recursos que ajudam não só as pessoas cegas e com baixa visão, mas também qualquer outra pessoa com capacidade visual reduzida como idosos, por exemplo, a lerem seus livros favoritos no formato Daisy (Digital Accessible Information System, sistema de informação digital acessível em português livre), um formato de livro digital criado exclusivamente para facilitar a leitura de pessoas com dificuldades para enxergar ao permitir a navegação em um texto escrito que são narrados com a ajuda de aplicativos específicos.

Imagens do aplicativo funcionando em um smartphone Android

Imagens do aplicativo funcionando em um smartphone Android (Foto: Reprodução)

Depois de poucos minutos o usuário já consegue se adaptar à navegação e já ter uma ideia do potencial do DDReader. Através de uma tela dividida em seis áreas (representado no quadro da esquerda da imagem acima), o usuário consegue navegar pelo menu, escolher  livro que deseja ler ou então modificar as configurações de acordo com o seu gosto. Logo no menu inicial é possível ativar um tutorial que ensina o usuário de primeira viagem a ter uma melhor experiência e saber tudo o que o aplicativo é capaz, tudo isso sendo narrado em voz alta para que a pessoa cega ou com visão limitada consiga entender o que se passa.

O retângulo do meio da imagem acima representa a área do livro, na qual o usuário pode navegar sem restrições por qualquer parte da obra, indo para a página, parágrafo ou palavras que desejar. Para ajudar as pessoas cegas, o DDReader lê o texto em voz alta, inclusive lê a descrição de imagens e capas, para que o deficiente não perca nenhuma informação.

A navegação pelo app é simples, a tela é dividida em seis quadrados, cada um responsável por uma ação, ao tocar em cada área a ação pela qual ela é responsável é falada em voz alta, o que ajuda as pessoas cegas a se orientarem. Para quem não está acostumado com este tipo de naveção ou não precisa dele, é possível desligá-lo.

Para que o usuário novato tenha uma uma experiência inicial com um livro no formato Daisy, junto com o aplicativo também vem o livro “Para quem quer ver além: lições de Dorina de Gouvêa Nowill”, através desta obra oferecida gratuitamente o usuário pode ser a sua primeira experiência no DDReader.

O aplicativo de leitura ainda conta com recursos de marcadores, anotações busca por palavras, ampliação do texto na tela, ajustes de preferências e muito mais, tudo para tornar a experiência de ler/ouvir um livro mais tranquila e interessante.

A versão atualizada do aplicativo, o DDReader+, está disponível para dispositivos com sistemas Android na Play Store e para PC no site oficial (para acessar clique aqui) de forma gratuita e, para que o app funcione nos dispositivos, é imprescindível que esteja instalado um sistema de voz sintetizada, no caso de smartphones e tablets atuais, por exemplo, este recursos já vem de fábrica, no Windows, dependendo da versão, é necessário instalar o SAPI5, da própria Microsoft, facilmente encontrado para download na web.

Além do português, o app também está disponível em inglês e espanhol. Os usuários brasileiros podem ter acesso gratuito a livros neste formato através da própria Fundação Dorina Nowill, para ter direito às cópias é preciso se cadastrar na Biblioteca da fundação e, após a aprovação, poder escolher os livros que deseja ler. Além dos formatos Dayse, a instituição ainda disponibiliza cópias de livros em braile e em áudio, para conhecer o catálogo de livros completo clique aqui, você será direcionado à página do catálogo e poderá verificar os formatos nos quuais a obra que deseja está disponível.

Para mais informações a respeito do formato de livros Daisy e como consegui-los através da Fundação Dorina Nowill clique aqui, você será direcionado para uma matéria especial que criamos para explicar tudo sobre este tipo de arquivo.